Pimenta Alecrim Palavra - Sonia Guzzi

MEU OUTRO BLOG - SONIA GUZZI
- Meu e-mail: soniaguzzi@hotmail.com

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Manhã

Oh manhã
de poesia,
 que encontra a pedra
 enroscada na grama,
a cozinha
com seu aroma
atrevido e soberano,
seduzindo corpos indolentes.
O mundo que explode
 em ruídos de veículos,
imagens coloridas,
onde a realidade...
 é só mais um ganha pão.
Oh manhã
acolhedora
e macia,
repleta da memória
de crianças atropeladas,
pelos lanches rápidos
 e horas atrasadas,
onde...
um dia na casa vazia,
sons familiares escorregam
e impregnam
as paredes, de um tempo
que não mais existe.
Oh manhã
de incógnitas
 e esperança,
que me abraça,
como a nobre e doce
senhora,
diante da água,
do trigo
e da fé,
simplesmente me entrego,
com imensa gratidão,
deslizando
 na sua promessa.

Sonia Guzzi

6 comentários:

  1. Que manhã adorável. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  2. Olá Soninha,
    Lindo seu poema, querida. Gostei imensamente.
    Essa manhã, com certeza, agrada a muitos de nós, seus amigos.
    Um beijo grandão,
    Maria Paraguassu.

    ResponderExcluir
  3. obrigada pela visita, to te seguindo, volte e me siga, bju terê.

    ResponderExcluir
  4. Poema muito lindo...cheio de vida...parabéns..Bjo

    ResponderExcluir
  5. Querida amiga Sônia.

    Linda prece em poema!! Parabéns...

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  6. Delícia de poema!!!
    Seu talento é imensurável....

    Bjs

    Dega

    ResponderExcluir